A pandemia de coronavírus acelerou a busca por vagas de trabalho remoto. Levantamento feito pelo LinkedIn mostra que essa é uma tendência global. No mundo todo, a busca por esse tipo de emprego aumentou 60% desde março.

Como é o interesse do brasileiro? No Brasil, as visualizações das vagas de trabalho remotas são 1,67 vezes maiores em comparação ao período anterior ao isolamento.

“Estamos em um ponto de inflexão no qual as pessoas estão começando a perceber que desejam a flexibilidade de um cargo remoto para trabalhar da maneira que melhor lhes convier – seja evitando trânsito ou um transporte público lotado, ou ser capaz de passar mais tempo com a família”, diz Milton Beck, diretor geral do LinkedIn para América Latina.

Houve aumento de oferta desse tipo de vaga? Sim. O levantamento mostra que houve um aumento de 392% na oferta por esse tipo de trabalho desde março.

“Os empregadores também estão começando a pensar sobre, já que a produtividade do home office foi comprovada, e há cada vez mais cargos remotos disponíveis para candidatura no LinkedIn”, destaca Milton Beck.

Veja as 10 principais vagas para trabalhos remotos mais procuradas no Brasil:

  • Representante de Suporte ao Cliente (Call Center)
  • Gerente de Contas
  • Engenheiro
  • Analista de Negócios
  • Engenheiro de software sênior
  • Desenvolvedor de aplicativos
  • Executivo de Vendas
  • Desenvolvedor
  • Engenheiro de software Java
  • Arquiteto

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.