O 6 Minutos acompanha, em tempo real, as principais notícias desta quinta-feira sobre a pandemia do coronavírus.

BOLSAS NOS EUA VEEM FORÇA DO PETRÓLEO SUPERAR PEDIDOS DE AUXÍLIO DESEMPREGO E PRINCIPAIS ÍNDICES REGISTRAM ALTA (18h11)
As ações dos Estados Unidos viveram um rali nesta quinta-feira, conforme esperanças de uma trégua em uma guerra de preços do petróleo entre a Arábia Saudita e a Rússia e de um corte na produção de petróleo impulsionaram ganhos, reduzindo o impacto de um salto chocante nos pedidos de auxílio-desemprego norte-americanos devido às paralisações ocasionadas pelo coronavírus.

  • O Dow Jones Industrial Average avançou 2,24%, para 21.413,44 pontos;
  • O S&P 500 valorizou 2,28%, para 2.526,9 pontos;
  • O Nasdaq Composite ganhou 1,72%, para 7.487,31 pontos.

ALTA NO PREÇO DO PETRÓLEO CONDUZ DIA POSITIVO NA BOLSA; IBOVESPA SOBE 1,81% E FECHA DIA EM 72.253 PONTOS (17h16)

DÓLAR FECHA O DIA COM ALTA DE 0,05% E RENOVA RECORDE NOMINAL: R$ 5,2652 (17h10)

CLIENTES RELATAM PROBLEMAS PARA PAUSAR FINANCIAMENTO HABITACIONAL DA CAIXA (16h49)
A Caixa foi um dos primeiros bancos a adotar pausas no pagamento de financiamentos e dívidas, para dar apoio aos clientes afetados pela paralisação do comércio e serviços. Ainda no dia 19 de março, o banco estatal anunciou que ofereceria a opção de suspender o pagamento de empréstimos pessoais e financiamentos imobiliários por 60 dias — ou seja, duas parcelas.

A Caixa é responsável por 70% do crédito imobiliário do país. Esse número dá o peso e a importância da suspensão temporária. Na semana passada, o banco estatal disse que estenderia a carência para 90 dias, permitindo a pausa no pagamento de 3 parcelas. No entanto, uma rápida pesquisa no Reclame Aqui e nas páginas oficiais do banco mostram que muitos clientes estão enfrentando dificuldades para conseguir o benefício. A falta de atendimento pela central telefônica e a falta do registro de procedimento no aplicativo estão deixando muitos clientes sem resposta.

ALTA NO IBOVESPA DESACELERA E FICA PERTO DE 2%; DÓLAR SOBE E É COTADO A R$ 5,27 (16h00)
A uma hora do fechamento, Bolsa mantém tendência positiva, mas vê subida perder força. Ibovespa registra alta de 2,01%, a 72.394 pontos. O dólar, que chegou à cotação recorde de R$ 5,28 no começo da tarde, tem alta de 0,36% e né negociado a R$ 5,27. 

REDUÇÃO DE SALÁRIOS POR MP É INCONSTITUCIONAL E AGRAVA CRISE ECONÔMICA (15h38)
A MP (medida provisória) publicada nesta quinta-feira (dia 2) pelo governo federal prevê a possibilidade de as empresas reduzirem salários e suspenderem contratos de trabalho por acordo individual. Ou seja, sem a necessidade da intermediação do sindicato da categoria na negociação. Para especialistas ouvidos pelo 6 Minutos, a medida tem dois problemas graves: é inconstitucional e agrava a crise econômica em que o país foi lançado pela pandemia do coronavírus.

“A MP permite que a negociação individual para quem ganha até três salários mínimos ou acima de dois tetos do INSS (R$ 12.202). Mas a Constituição não permite redução de salário por acordo individual, apenas por acordo coletivo”, disse Feliciano.

Para Horácio Conde, esse tipo de negociação não pode ser feita de forma individual, já que as partes (empresa e funcionário) não estão em pé de igualdade. “O sindicato serve justamente para dar igualdade à relação, já que a empresa tem o poder econômico. Com a economia paralisada, a empresa pode se valer de seu poder para impor o que quiser.”

ALTA NO PETRÓLEO DÁ IMPULSO NO FIM DO DIA, E MERCADOS EUROPEUS FECHAM NO AZUL (14h54)
O preço do pétroleo subiu hoje em razão de um possível acordo entre Rússia e Arábia Saudita que deve levar a um corte na produção da commodity. O aumento fez com que as bolsas europeias revertessem a tendência de queda que havia dominado o pregão nesta quinta-feira, em razão dos dados do auxílio-desemprego nos EUA registrarem um salto significativo no número de desempregados no mercado americano.

O índice de referência FTSEurofirst 300 subiu 0,63%, a 1.231 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,42%, a 312 pontos, recuperando-se depois de ter operado em território negativo.

Confira o fechamento das principais bolsas europeias:

  • Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,47%, a 5.480 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,27%, a 95.570 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,33%, a 4.220 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,75%, a 16.834 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,08%, a 6.574 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,02%, a 3.993 pontos.

DÓLAR SUPERA R$ 5,28, NOVO RECORDE NOMINAL (14h48)
O dólar engatou uma alta nesta quinta-feira e chegou a superar R$ 5,28 após dados pessimistas sobre o desemprego nos Estados Unidos evidenciarem o forte impacto econômico do coronavírus.

“Os novos pedidos de auxílio desemprego nos EUA ajudam a manter cautela”, disse Luciano Rostagno, estrategista-chefe do Banco Mizuho, à agência Reuters. “O dado veio bem acima do consenso, muito pior do que o esperado. Isso sugere um impacto econômico bem maior do que o imaginado na economia norte-americana.”

CORONAVÍRUS DERRUBA VENDA DE VEÍCULOS NOVOS NO BRASIL EM MARÇO (14h44)
Os licenciamentos de veículos novos no país no mês passado recuaram 18,6% na comparação com fevereiro, e desabaram quase 22% frente a março de 2019, para 163,6 mil unidades, com os maiores tombos sentidos nos emplacamentos de carros (20,5% e 23%, nas mesmas comparações) e ônibus (29,7% e 35,4%), segundo dados divulgados pela associação de concessionárias, Fenabrave.

NÚMERO DE MORTOS VOLTA A SUBIR NA ITÁLIA, MAS TENDÊNCIA É DE ESTABILIZAÇÃO (14h40)
A Itália reportou 760 mortes por coronavírus nesta quinta-feira, alta em relação a ontem, quando 727 pessoas perderam suas vidas em decorrência da doença. O país já completou 3 semanas de lockdown.

A boa notícia é que outros indicadores apontam para estabilização. O número de novos casos caiu de 4.782 para 4,668. Recuou ainda o número de pessoas internadas em decorrência da doença, o que reforça a suspeita de infectologistas de que a doença já atingiu seu pico no país.

CRISE FARÁ PIB DO BRASIL CAIR 3,5% EM 2020, DIZ BANK OF AMERICA (14h39)
A retração da economia brasileira em 2020 será bem maior do que a imaginada a princípio, na avaliação do Bank of America. Um dos maiores bancos americanos, a instituição aumentou sua aposta de queda do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro de 0,5% para 3,5%. Ao mesmo tempo, os analistas elevaram a projeção do PIB de 2021 para alta de 3,5%.

“Essa revisão é baseada em uma recessão global maior e no impacto da quarentena implementada no Brasil. Esperamos uma profunda contração no segundo trimestre mas também esperamos um crescimento maior no próximo ano, quando a situação se normalizar. O crescimento deve alcançar 3,5% no próximo ano, ante uma previsão anterior de 2,5% de alta”.

ARÁBIA SAUDITA CONVOCA REUNIÃO DE EMERGÊNCIA; PREÇO DO PETRÓLEO DISPARA (13h55)
A Arábia Saudita convocou uma reunião de emergência entre países da Opep, a Rússia e outros produtores para estabilizar o mercado de petróleo. No mês passado, um desentendimento entre os sauditas e os russos sobre o volume de produção da commodity causou um racha no setor, e levou ao aumento do volume de exploração pelas duas partes.

O anúncio da Arábia Saudita nesta quinta-feira e a expectativa de um novo acordo para reduzir a produção fez com que os preços do petróleo chegassem a subir mais de 40%. A percepção é de que o reino e a Rússia podem estar prontos para encerrar sua disputa por participação no mercado, voltando a cooperar.

Por volta das 13h45 (horário de Brasília), o Brent subia 18%, ajudando a impulsionar os papéis da Petrobras, que subiam 14%.

IMPORTAÇÕES DA CHINA DESPENCAM, E EUA TÊM MENOR DÉFICIT COMERCIAL EM 3 ANOS (13h43)
O déficit comercial dos Estados Unidos em fevereiro foi o menor em três anos. O resultado é consequência direta na redução das importações vindas da China, que já tinha sua produção prejudicada no mês retrasado devido à pandemia de coronavírus. O Departamento de Comércio dos EUA informou que o déficit comercial caiu 12,2%, para 39,9 bilhões de dólares, uma mínima desde setembro de 2016.

APP DE VIDEOCONFERÊNCIA ZOOM ATRAI MAIS DE 200 MILHÕES DE USUÁRIOS DIÁRIOS COM QUARENTENA (12h24)
Em meio ao isolamento social global provocado pela pandemia do coronavírus, o número de usuários diários do Zoom saltou para mais de 200 milhões em março, quando o pico de utilização anterior tinha sido de 10 milhões, disse ontem o CEO e criador do aplicativo de videoconferência, Eric Yuan.

“Para colocar esse crescimento em contexto, no final de dezembro do ano passado, o número máximo de participantes diários, gratuitos e pagos, era de 10 milhões”, escreveu ele em uma carta a usuários. Yuan disse que o uso do Zoom decolou nas últimas semanas, com mais de 90 mil escolas em 20 países usando seus serviços de videoconferência para realizar aulas pela internet.

COM QUEDA NAS VIAGENS DOMÉSTICAS E INTERNACIONAIS, LATAM REDUZ OPERAÇÕES EM 95% (12h20)
A Latam Airlines anunciou hoje que reduziu em 95% suas operações durante o mês de abril de 2020, devido ao fechamento de fronteiras e à baixa demanda, causados pela pandemia do coronavírus. “As medidas serão avaliadas de forma contínua, com base nas restrições de viagem nos diferentes países, bem como na demanda”, afirmou a empresa, em nota.

IBOVESPA ACELERA ALTA PARA MAIS DE 3% NO FIM DA AMANHÃ; DÓLAR CONTINUA PERTO DA ESTABILIDADE (11h42)
Bolsa confirma tendência de alta do início do pregão e acelera ganhos no fim da manhã: sobe A Bolsa de Valores abriu o pregão de hoje com alta de 3,44%, a 73.404 pontos; o dólar, que mais cedo operava em queda, é vendido ao mesmo valor do fechamento de ontem: R$ 5,26. 

ARRECADAÇÃO FEDERAL CAI 2,71% EM FEVEREIRO COM MENOS IMPOSTO SOBRE A RENDA DAS EMPRESAS (10h54)
A arrecadação do governo federal teve queda real de 2,71% em fevereiro, a R$ 116,430 bilhões, afetada pelo menor recolhimento de impostos sobre a renda das empresas, divulgou a Receita Federal nesta quinta-feira.

VENDAS ONLINE DOBRAM E SUPERMERCADOS ESTICAM PRAZO DE ENTREGA (10h37)
As pessoas nunca fizeram tanta compra de supermercado pela internet como agora. Números da Apas (Associação Paulista de Supermercados) mostra que as vendas online cresceram 107% no período de 23 a 29 de março no estado.

Para enfrentar esse aumento, 52% dos supermercados precisaram suspender temporariamente as vendas online para se adaptarem ao aumento da demanda.

IBOVESPA ABRE EM ALTA; DÓLAR OPERA PERTO DA ESTABILIDADE (10h22)
A Bolsa de Valores abriu o pregão de hoje com alta de 0,77%, a 71.516 pontos; o dólar, que mais cedo operava em queda, é vendido ao mesmo valor do fechamento de ontem: R$ 5,26. 

PEDIDOS DE SEGURO-DESEMPREGO SUPERAM 6 MILHÕES E BATEM RECORDE NOS EUA (9h47)
O número de norte-americanos que apresentaram pedidos de auxílio-desemprego na semana passada atingiu um recorde pela segunda semana consecutiva, superando 6 milhões, à medida que mais jurisdições impõem medidas de isolamento em casa para conter a pandemia de coronavírus, que os economistas dizem ter empurrado economia para uma recessão.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram para 6,65 milhões na última semana, ante 3,3 milhões em dado não revisado ​​na semana anterior, informou o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta-feira. (Reuters)

PANAMÁ PERMITE CIRCULAÇÃO DE HOMENS E MULHERES EM DIAS ALTERNADOS (9h40)
O Panamá até determinou a quarentena para contar o coronavírus, mas a população não obedeceu. Então uma nova política foi elaborada: mulheres podem sair de casa às segundas, quartas e sextas-feiras. Os homens, às terças, quintas e sábado. Aos domingos, todos precisam ficar em casa. O horário de saída também é regulado, e segue o número do registro de identidade. Por exemplo, se o último número é 7, o cidadão está autorizado a sair de casa entre 6h30 e 8h30.

O objetivo é facilitar o controle por parte dos policiais. Entre 19 e 31 de março, 5,3 mil pessoas foram presas por não seguirem a quarentena. Até a quarta-feira (1º), o Panamá tinha 1.317 mil casos confirmados, e 32 mortes. (Com The New York Times)

APÓS QUATRO DIAS DE ALTA, DÓLAR RECUA (POUCO) E VALE R$ 5,23 (9h15)
Após quatro dias de alta, o dólar deu uma trégua na abertura dos negócios nesta quinta-feira, já sob efeito das novas medidas do governo brasileiro e do Conselho Monetário Nacional no combate aos efeitos do coronavírus. Às 9h15, o dólar recuava 0,56%, a R$ 5,23 na venda.

PREÇO DO PETRÓLEO SOBE 10% COM POSSÍVEL ACORDO ENTRE RUSSOS E SAUDITAS (8h59)
Os preços do petróleo saltavam cerca de 10% depois que o presidente norte-americano Donald Trump disse que espera que Arábia Saudita e Rússia cheguem a um acordo em breve para encerrar a disputa entre os dois países pelo mercado de petróleo. O petróleo Brent subia US$ 2,39, ou 9,66%, a US$ 27,13 por barril, às 8h33 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava US$ 1,9, ou 9,35%, a US$ 22,21 por barril. (Reuters)

BOLSAS EUROPEIAS OPERAM EM LEVE ALTA NESTA QUINTA-FEIRA (8h54)
Seguindo o movimento das bolsas asiáticas, os índices europeus estão operando em leve alta no início do pregão desta quinta-feira.

FTSE 100 (Londres): +0,73%
DAX (Frankfurt): +0,24%
IT 40 (Milão): +1,35%
CAC 40 (Paris): +0,75%
PSI 20 (Lisboa); +0,26%

A exceção é o índice de Madri, que opera perto da estabilidade.

UNIÃO EUROPEIA ALERTA QUE “O PIOR AINDA ESTÁ POR VIR” (8h44)
Segundo Josep Borrell, representante da União Europeia para assuntos internacionais, a União Europeia deve se mobilizar para ajudar os países mais pobres. “Em termos globais, devemos prever que o pior ainda está por vir”. Para ele, países envolvidos em conflitos armados ou com graves crises políticas e humanitárias são mais vulneráveis à doença. (Com Bloomberg)

REINO UNIDO RECOMENDA SUSPENSÃO DOS PAGAMENTOS DE FATURA DO CARTÃO DE CRÉDITO E EMPRÉSTIMOS (8h34)
A FCA, reguladora do mercado financeiro do Reino Unido, recomendou às empresas do setor que permitam a suspensão dos pagamentos de faturas de cartão e outras formas de financiamento. O objetivo é dar um alívio para a parte da população que esteja com dificuldades financeiras em meio à pandemia do coronavírus. (Com Bloomberg)

PANDEMIA DEVE ATRASAR O BREXIT (8h33)
Apesar das afirmações do primeiro-ministro Boris Johnson em manter os prazos definidos para a saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit), o cenário parece cada vez mais improvável. Segundo a Bloomberg, reuniões entre autoridades britânicas e negociadores europeus estão sendo desmarcadas e os acordos estão parados.

PRESIDENTE DAS FILIPINAS AUTORIZA ATIRAR EM QUEM ATRAPALHAR DISTRIBUIÇÃO  DE ALIMENTOS (8h27)
O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, autorizou que policiais atirem  em quem desobedecer as ordens e tumultuar a distribuição de alimentos durante a quarentena imposta pela Covid-19 no país. (Com Bloomberg)

ESPANHA REGISTRA RECORDE DE MORTES EM UM ÚNICO DIA POR COVID-19 (8h26)
A Espanha notificou 950 mortes por coronavírus nesta quinta-feira, o maior número em 24h desde o início da pandemia. Com isso, passa de 10 mil o total de vítimas da doença no país. Também cresceu o número de casos identificados. Só hoje, o país contabilizou 8.102 novos infectados, levando o número total a 110.238.

PREÇO GLOBAL DOS ALIMENTOS CAI E ATINGE NÍVEL MAIS BAIXO EM 5 MESES (8h18)
O preço global dos alimentos caiu 4,3% em relação a fevereiro, segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Os preços estão, em média, no menor patamar desde outubro. A queda é reflexo da menor demanda global por conta da pandemia.

BOLSAS DA ÁSIA FECHAM EM ALTA (8h04)
Os índices acionários da China fecharam em alta nesta quinta-feira (2), liderados pelas empresas de tecnologia e de energia, que vivem a expectativa de que Arábia Saudita e Rússia se acertem — e isso ajude a fazer o preço do petróleo subir. Veja os principais índices:

  • Xangai (Xangai): +1,69%
  • Hang Seng (Hong Kong): +0,84%
  • Kospi (Coreia do Sul): +2,34%

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 caiu 1,37%, pressionado por ações de bancos e de montadoras.  (Com Estadão Conteúdo e Reuters)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.