Os consumidores britânicos receberão um congelamento de três meses nos pagamentos de empréstimos e de cartões de crédito para enfrentar a epidemia de coronavírus, decidiu a Autoridade de Conduta Financeira, órgão regulador financeiro do país nesta quinta-feira (2).

O pacote complementa as medidas de alívio já anunciadas pelo governo para apoiar os detentores de hipotecas, funcionários afastados, locatários e trabalhadores por conta própria.  Ele deverá entrar em vigor a partir do dia 9 , após as autoridades darem mais detalhes de como as medidas funcionarão.

O que mais o órgão decidiu? Os consumidores que usarem qualquer uma dessas medidas temporárias não devem ter sua classificação de crédito afetada. E as empresas não precisam de limitar às medidas aprovadas pelos autoridades, e podem oferecer assistência mais generosa a seus clientes.

“Essas medidas forneceriam um nível mínimo esperado de apoio financeiro para consumidores que até agora estavam financeiramente estáveis”, disse o presidente-executivo interino, Christopher Woolard.

A Autoridade de Conduta Financeira, que supervisiona bancos e provedores de crédito em todo o Reino Unido.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.