Entre os 10 países com mais casos de coronavírus, o Brasil é o que menos testa a sua população. O número de exames de detecção da doença está em uma proporção de 1 para cada 502 pessoas. Os Estados Unidos, por exemplo, testam 1 a cada 27 cidadãos. A importância dos testes é justamente o mapeamento do alcance da doença e o isolamento de pacientes, para que a taxa de infecção seja menor.

Em um primeiro momento, o Brasil teve problemas para disponibilizar testes. Somente os hospitais estavam realizando o exame para a covid-19, e o resultado levava dias para ficar pronto. Com a habilitação de novos laboratórios privados e com a chegada de um teste mais simples, a oferta desse tipo de exame subiu exponencialmente.

Já é possível fazer o teste simples de sorologia (que identifica os anticorpos contra a doença) em diversos laboratórios, a preços que partem de R$ 240 e vão até R$ 420. O PCR, que foi o primeiro a ser feito por aqui e que identifica a presença do vírus no organismo, é mais caro: custa entre R$ 280 e R$ 480.

Quais são as diferenças entre cada teste? Veja abaixo como cada teste funciona:

 PCRSorologia (IgA, IgM e IgG)
Como funciona?Teste genético para detecção do vírus desde os primeiros dias de sintomasTeste para a detecção dos anticorpos IgA, IgM e IgG
Quanto tempo até o resultado?De 5 a 15 dias8 horas
Quem pode fazer?Pacientes sintomáticos ou pessoas que tiveram contato recente com doentesPessoas que tiveram sintomas de gripe prolongada ou pessoas que tiveram contato com alguém sintomático há mais de 10 dias
Em qual período fazer?Do 2º dia até o 10º dia de sintomasA partir do 8º dia de sintomas
Qual a precisão?Entre o 3º e o 10º dia de sintomas, a precisão é mais altaA partir do 10º dia de sintomas, a precisão é mais alta
Qual o material coletado?Secreção do nariz e gargantaSangue
PreçoDe R$ 330 a R$ 470De R$ 245 a R$ 420

Quais são as recomendações para quem decide fazer o teste? Como cada tipo de exame tem um período específico de maior eficiência, é recomendável que o paciente seja orientado por um médico. Somente o profissional de saúde poderá identificar se o resultado é confiável ou se um novo teste deverá ser feito.

A maior parte dos laboratórios não requer um pedido médico para a realização dos exames por pacientes particulares. Já para os clientes de convênios, o pedido médico costuma ser uma exigência — e nem sempre há cobertura pelo plano em questão.

E os testes rápidos? Tecnicamente, o chamado teste rápido é o teste de sorologia. A expectativa do governo era que esse tipo de exame estivesse amplamente disponível, até mesmo nas farmácias. No entanto, o que se viu até agora foi uma oferta concentrada somente nos laboratórios.

Quais laboratórios estão fazendo os exames? Todas as grandes redes de diagnóstico disponibilizam os dois tipos de exames de covid-19, e algumas startups de saúde também firmaram parcerias para realizar a testagem. Veja abaixo:

Fleury

Quais testes a rede realiza? PCR e Sorologia.

É necessário agendar? Sim.

Quanto custa? O exame PCR custa R$ 470 para pacientes comuns, e R$ 282 para profissionais de saúde. O teste por sorologia custa R$ 420 para pacientes e R$ 336 para profissionais de saúde.

Novo exame. O Fleury anunciou um novo método para análise do exame genético, em alternativa ao PCR. O exame feito pelo chamado método por proteômica tem menos exigências no armazenamento das amostras, como de temperaturas e transporte.

Além disso, o modelo serviria como opção para falta de insumos do exame PCR, e tem um custo menor, podendo chegar a mais regiões do país. O resultado fica pronto em três dias úteis.

A+

Quais testes a rede realiza? PCR e Sorologia.

É necessário agendar? Sim.

Quanto custa? O PCR custa R$ 390 para pacientes comuns, e R$ 280 para profissionais de saúde. O teste por sorologia custa R$ 300 para pacientes e R$ 240 para profissionais de saúde.

Delboni

Quais testes a rede realiza? PCR e Sorologia.

É necessário agendar? Sim.

Quanto custa? O PCR custa R$ 340 para pacientes particulares, e o teste por sorologia custa R$ 280.

Lavoisier

Quais testes a rede realiza? PCR e Sorologia.

É necessário agendar? Sim.

Quanto custa? O PCR custa R$ 280 para pacientes particulares, e o teste por sorologia custa R$ 240.

Salomão Zoppi

Quais testes a rede realiza? PCR e Sorologia.

É necessário agendar? Sim.

Quanto custa? O PCR custa R$ 340 para pacientes particulares, e o teste por sorologia custa R$ 280.

CDB Diagnósticos

Quais testes a rede realiza? PCR e Sorologia.

É necessário agendar? Sim.

Quanto custa? O PCR custa R$ 350 para pacientes particulares, e o teste por sorologia custa R$ 300.

Rappi + Startups de saúde

Qual testes o aplicativo oferece? Sorologia. A empresa firmou convênios com algumas entidades de saúde (Vitta, Cia. da Consulta, ONG Renovatio e outras) para oferecer ao público aos exames rápidos, e para ampliar a testagem. Na campanha promovida pelo app, a cada teste pago pelo aplicativo um outro exame será doado para hospitais públicos e organizações filantrópicas.

É necessário agendar? Sim, e o exame é coletado no estacionamento do Shopping Iguatemi, na zona oeste de São Paulo.

Quanto custa? R$ 251

Labi Exames

Quais testes a rede realiza? PCR e Sorologia.

É necessário agendar? Sim.

Quanto custa? O PCR custa R$ 331 (ou R$ 298 à vista), e o teste por sorologia custa R$ 272 (ou R$ 245 à vista).

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.