Quatro em cada cinco moradores de favela já tiveram redução de renda por conta da pandemia de coronavírus. Metade não tem água corrente em suas casas para lavar as mãos. Sabão ou sabonete são itens de luxo para 13% das famílias. E 71% acreditam que o isolamento social é necessário. Essas são algumas das conclusões do Data Favela, levantamento feito pela Locomotiva com moradores de favelas em todos os estados brasileiros. Abaixo, o 6 Minutos lista algumas das principais conclusões da pesquisa.

Impacto na renda: 

  • 82% dos trabalhadores tiveram diminuição na renda
  • 53% alegam ganhar menos da metade do que recebiam antes da pandemia
  • 65% não estão saindo para trabalhar
  • 17% dos adultos estão desempregados

Tempo que conseguem se manter sem buscar ajuda ou voltar ao trabalho:

  • 1 dia – 13%
  • 2 dias – 8%
  • 4 dias – 11%
  • 1 semana – 24%
  • 2 semanas – 12%
  • 3 semanas – 6%
  • 1 mês – 18%
  • 2 meses – 4%
  • 3 meses ou mais – 4%

Para quem pediriam ajuda financeira?

  • 70% – Amigos, parentes e vizinhos
  • 4% – Empregador ou patrão
  • 4% – Banco
  • 10%- ONGs da comunidade

Maiores preocupações em meio à crise do coronavírus?

  • 66% estão muito preocupados com o risco de perder o emprego
  • 84% com a renda familiar nesse período
  • 75% com a própria saúde
  • 90% com familiares idosos
  • 84% dos pais ou mães de família sentem muito medo de não ter dinheiro para alimentar seus filhos
  • 82% têm medo de contrair covid-19 e transmitir aos filhos

Hábitos alimentares

  • 59% afirmaram que a alimentação piorou depois do coronavírus
  • 53% não têm alimentos suficientes para a próxima semana

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.