Rosários religiosos não precisam mais ficar em casa e serem usados só quando der tempo de rezar ou na missa de domingo. O Vaticano lançou um rosário nos moldes de um smartwatch – e sim, ele está conectado ao sistemas iOS, da Apple, e Android, do Google.

Pra que serve o eRosário? Para aproximar os religiosos das intenções do Papa Francisco e da Igreja, e ajudar os religiosos a se lembrarem de rezar pela paz mundial, explica o material divulgado pelo Vaticano.

Rosário eletrônico do Vaticano

Rosário eletrônico do Vaticano
Crédito: Click to Pray/Acer

Como funciona? Parece uma pulseira, feita de dez miçangas pretas. No meio, está uma cruz “inteligente” que se liga aos smartphones via Bluetooth. É por ela que o usuário se conecta ao sistema do Vaticano. Para ativar, é preciso fazer o sinal da cruz com o braço em que o rosário está.

Quais as funcionalidades? Ele monitora a frequência e o tempo em que o usuário rezou, e dá para selecionar que tipo de oração se deseja. Estão disponíveis as rezas padrões, contemplativas ou temáticas, e que podem ser selecionadas no aplicativo Click to Pray (Clique para Rezar), disponível na App Store e na Play Store. As intenções do Papa Francisco são adicionadas no sistema, e o fiel pode acompanhar as intenções e rezar ele mesmo por elas.

Onde comprar? Por enquanto o rosário está disponível só na Itália, por € 99. Na Amazon e na Acer, o preço é de US$ 110. A disponibilidade do produto no mercado norte-americano deve acontecer em breve. Por enquanto, não se sabe quando o produto começará a ser vendido no Brasil.

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.