O aumento de compras pela internet durante a pandemia do coronavírus trouxe um outro efeito colateral: alta nas queixas relacionadas ao e-commerce. Segundo o Procon-SP, foram registradas em maio 27.298 reclamações sobre compras realizadas pela internet, uma alta de 41% em relação a abril.

Quais foram as queixas mais comuns? As principais reclamações são sobre demora, não entrega do produto, seguidos por problemas com cobrança.

As queixas vêm em um crescente? Sim, veja abaixo:

  • Janeiro: 12.000
  • Fevereiro: 8.429
  • Março: 15.000
  • Abril: 19.000
  • Maio: 27.298

No ano passado todo, foram 68 mil casos, menos que os 82 mil casos registrados em cinco meses de 2020.

Como reclamar? Para o consumidor que tiver problemas com compras pela internet ou outra questão de consumo, o Procon disponibiliza canais de atendimentos à distância: no site (www.procon.sp.gov.br), aplicativo ou via redes sociais. Para as denúncias, marque @proconsp, indicando o endereço ou site do estabelecimento.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.