O emplacamento de novos veículos está crescendo no Brasil, mas o setor automotivo teria mais motivos para comemorar se não fosse pela crise na Argentina, que derrubou as exportações.

Dados divulgados hoje pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) mostraram que a demanda interna cresceu quase 10%, em relação ao mesmo período do ano passado. Foram emplacados mais de 2 milhões de carros até setembro de em 2019 – esse número não era atingido no mesmo período desde 2014.

Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea, atribuiu a recuperação ao aumento nos financiamentos e nas vendas diretas, como são chamadas as entregas para frotistas, locadoras, e pessoas com deficiência.

Na comparação com agosto, entretanto, as vendas tiveram uma queda de 3,3% — segundo a Anfavea, isso aconteceu pois setembro teve um dia útil menos que o mês anterior.

E as exportações? O acumulado de janeiro a setembro, são 337,5 mil veículos exportados, queda de 35,6% em relação a igual intervalo do ano passado. O recuo se deve principalmente à crise da Argentina, principal comprador de veículos brasileiros.

“As exportações para países como o Peru e o México estão crescendo, mas isso não compensa a queda de vendas para a Argentina”, observa o presidente da Anfavea. As exportações de setembro, comparadas com o mês anterior, tiveram recuo de 0,2%.

Como ficou a produção, então? No acumulado do ano até setembro, as montadoras fabricaram 2,26 milhões de unidades, alta de 2,9% em relação a igual período do ano passado. O percentual é bem menor que o de emplacamentos, o que mostra a disparidade entre o mercado interno e as vendas para o exterior.

Em setembro, a produção encolheu 8,3% em relação ao mês anterior.

Apesar do aumento da produção no ano, as montadoras seguem demitindo.  Nos últimos 12 meses, são 4.542 postos a menos. No fim de setembro, o setor contava com 127.938 funcionários, baixa de 3,4% em comparação com setembro do ano passado.

(Com Estadão Conteúdo)

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.