Foguetes atingiram, na noite desta terça-feira (7), a base militar de Al Asad, no Iraque, que é utilizada pelos Estados Unidos, segundo um oficial americano confirmou à agência Reuters. Não há nenhuma informação imediata a respeito de possíveis vítimas.

Por meio de um comunicado distribuído através do aplicativo Telegram, a Guarda Revolucionária do Irã invocou a autoria do ataque. “A vingança feroz dos guardas revolucionários começou”, diz o grupo, de acordo com o jornal The New York Times.

Na última quinta-feira, um ataque militar realizado pelos Estados Unidos terminou com a morte do major-general iraniano Qassem Soleimani, liderança política e militar do país persa. Soleimani foi sepultado nesta terça.

A tensão geopolítica incentiva um cenário econômico global de maior aversão ao risco, prejudicial para economias emergentes como a do Brasil, e pressiona para cima os preços do petróleo em todo o mundo.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.