Em vídeo publicado nesta sexta, 1,º em sua conta oficial no Twitter, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirma que a pandemia do coronavírus deixou o capitalismo “nu”, e que o sistema econômico está morto. Lula diz ainda que após a pandemia, um “novo mundo” deve surgir.

“A tragédia do coronavírus expôs à luz do sol uma verdade inquestionável: o que sustenta o capitalismo não é o capital, somos nós, os trabalhadores”, diz Lula. “É essa verdade, nossa velha conhecida, que está levando os principais jornais econômicos do mundo, as bíblias da elite mundial, a anunciarem que o capitalismo está com os dias contados. E está mesmo, está moribundo.”

Qual o contexto dessa declaração? Lula faz uma breve menção ao presidente da República, Jair Bolsonaro, ao dizer que tragédias como a da covid-19 revelam “o verdadeiro caráter” das coisas e das pessoas. “Não me refiro apenas ao deboche do presidente da República com a memória de mais de 5 mil brasileiros mortos pelo covid”, diz.

Segundo o ex-presidente, após a pandemia, um “novo mundo” deve surgir. Ele diz que a pandemia revela que os brasileiros são generosos, tolerantes e solidários. “Espero que a tragédia do coronavírus seja a parteira do verdadeiro mundo novo que sonhamos.”

Ainda hoje o petista participa de live organizada pelas centrais sindicais, em razão do Dia do Trabalho. O evento deve contar também com a presença do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do músico Roger Waters, ex-baixista do Pink Floyd.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.