O Itaú Unibanco, que foi o primeiro banco privado que passou a oferecer crédito para pequenas e médias empresas através do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), já concedeu todo o limite destinado à linha (R$ 3,7 bilhões).

A instituição financeira passou a oferecer linhas de crédito dentro do programa na quinta-feira (9) da semana passada. No dia 10, 24 horas depois, já havia emprestado 70% do limite previsto, e suspendeu a oferta para realizar ajustes técnicos com o Banco do Brasil, que administra a linha.

Nesta segunda (13), o banco voltou a oferecer o restante destinado ao Pronampe, que foi contratado em apenas meia hora.

No total, 37 mil micro e pequenas empresas tiveram acesso ao crédito, segundo o Itaú, que declarou que está avaliando se aumentará o limite concedido através da linha.

Caixa e Banco do Brasil

Também nesta segunda, a Caixa informou que emprestou R$ 4,24 bilhões de reais em créditos contratados pelo programa, e que recebeu do Ministério da Economia um acréscimo de limite, que passa a ser de R$ 5,9 bilhões.

Na última sexta, poucas horas depois de ter seu orçamento para o programa ampliado, o Banco do Brasil informou que emprestou integralmente os R$ 4,98 bilhões das linhas de crédito do Pronampe.

Os outros dois grandes bancos privados, o Bradesco e o Santander, ainda não estão oferecendo a linha. No caso do Bradesco, isso deve acontecer até o final de julho; no caso do Santander, em agosto.

Entenda a linha  

As operações do Pronampe são destinadas para financiar o capital de giro das empresas ou para novos investimentos. É possível, por exemplo, captar recursos do programa para realizar reformas, comprar máquinas e equipamentos, ou até para despesas operacionais, como o pagamento de salários de empregados, compra de matérias-primas, mercadorias, etc.

Nessa modalidade, os financiamentos têm prazo total de 36 meses – sendo oito meses de carência para começar a pagar e financiamento em 28 parcelas.

A taxa de juros anual é de 1,25% + a taxa Selic (que hoje está em 2,25%).

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.