Em dia de mais incertezas em torno do impacto da pandemia de coronavírus sobre a economia mundial e dúvidas sobre a efetividade de uma vacina para a infecção, a bolsa fechou o dia em queda de 0,56%, para 80.742 pontos. Já o dólar subiu 0,67%, para R$ 5,76.

O Ibovespa acompanhou as bolsas americanas, que encerraram o dia em baixa após reportagem do site STAT News, voltado a temas de saúde, questionando a validade dos resultados do teste da vacina da empresa de biotecnologia Moderna.

O sucesso de um teste inicial havia animado o mercado ontem (dia 18), mas a reportagem, que ouviu especialistas na área, mostrou que faltam dados suficientes para atestar que a Moderna realmente teve sucesso na primeira fase da vacina.

Além disso, no final da tarde o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, avaliou que os danos da quarentena à economia dos EUA podem ser permanentes caso o isolamento social continue sendo necessário pelos próximos meses.

Incerteza

Para o gestor Alfredo Menezes, da Armor Capital, uma retomada mais consistente nos mercados ainda depende de uma vacina ou medicamento eficaz contra o Covid-19, ou as pessoas continuarão temerosas para retomar suas rotinas e isso seguirá pressionando as economias.

“É muito importante eliminar o medo das pessoas, e isso só vai ocorrer com a vacina ou remédio eficiente”, afirmou, acrescentando ainda que nesse cenário a recuperação da atividade econômica seria mais rápida.

Atualmente não existem tratamentos ou vacinas aprovados para a Covid-19 e especialistas preveem que uma vacina segura e eficiente pode demorar de 12 a 18 meses.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.