O dólar avançava contra o real na abertura desta sexta-feira, superando a marca de R$ 4,40 pela primeira vez na história às vésperas do Carnaval, em meio à aversão a risco no exterior e após comentários do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o câmbio.

Às 9h35, o dólar avançava 0,20%, a 4,4002 na venda. Na máxima da manhã, a divisa chegou a tocar R$ 4,4073. O dólar futuro de maior liquidez registrava alta de 0,11%, a R$ 4,400.

O que o ministro disse? Ele voltou a relativizar o aumento do câmbio. Guedes disse que “é absolutamente natural que o juro de equilíbrio desça e que o câmbio de equilíbrio suba um pouco”. “O câmbio é flutuante, o Banco Central opera isso. Mas o patamar é inquestionavelmente mais alto.”

Como ficou a cotação na quinta-feira? Na véspera, o dólar à vista encerrou na máxima recorde para fechamento de 4,3916, após alta de 0,59%.

O Banco Central ofertará neste pregão até 13 mil contratos de swap cambial tradicional com vencimento em agosto, outubro e dezembro de 2020, para rolagem de contratos já existentes.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.