Em um dia de recuperação nos mercados externos e otimismo com os preços do petróleo, a bolsa fechou em alta de 1,59%, para 79.010 pontos. Já o dólar, que chegou a bater R$ 5,96 pela manhã, virou durante a tarde e encerrou as negociações em queda de 1,37%, a R$ 5,82.

O Ibovespa seguiu as bolsas americanas, que avançaram com os investidores aproveitando notícias de reabertura das economias estaduais e a possibilidade de estímulos adicionais para ajustar preços.

Além disso, o aumento do preço do petróleo, que subiu após a AIE (Agência Internacional de Energia) projetar estoques menores da commodity para o segundo semestre, ajudou a impulsionar o índice.

No final da tarde, a ida do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ao Palácio do Planalto para se encontrar com o presidente da República, Jair Bolsonaro, também animou a bolsa.

Dólar

Pela manhã, o dólar chegou a ser negociado acima de R$ 5,96, mantendo a tendência de alta observada ontem, com os investidores preocupados com as perspectivas para a economia global, novos surtos da doença e com as declarações do presidente do Fed, Jerome Powell, de que a economia dos EUA pode ficar estagnada por um longo tempo.

Há tensão também em torno do ambiente político no Brasil, com as incertezas trazidas pela eventual divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, na qual, segundo relatos, Bolsonaro teria relacionado a intenção de troca do comando da PF no Rio à proteção de sua família.

Após intervenção do Banco Central no mercado de forma mais agressiva que nos últimos dias, e influenciada pelo clima mais otimista no exterior, a moeda americana encerrou o dia em queda.

(Com a Reuters)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.