O otimismo com o pacote de estímulo às economias da União Europeia e com os processos de reabertura de países pelo mundo fez a bolsa subir 2,9%, a 87.946 pontos, o maior patamar desde o início de março. O dólar voltou a cair, atingindo R$ 5,28, o menor valor em mais de um mês.

No exterior, a UE anunciou um plano de auxílio de € 750 bilhões para ajudar os países que fazem parte do bloco comercial.

As perspectivas do mercado também são cada vez mais otimistas quanto à reabertura das economias após os lockdowns provocados pela pandemia de coronavírus.

O destaque do pregão foi as siderúrgicas, que ganharam força com a expectativa de alta nos embarques de aço para a China.

As ações da Usiminas subiram 16,3%, e as da Gerdau acima de 10%.

Bolsas americanas

O mercado brasileiro seguiu as bolsas dos EUA, que subiram nesta quarta-feira (dia 27).

O S&P 500 encerrou o dia acima dos 3.000 pontos pela primeira vez desde 5 de março, e o Dow Jones teve alta acima de 2%.

(Com a Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.