Os investidores estrangeiros retiraram R$ 6,2 bilhões da Bolsa brasileira no mês de maio até o dia 28, mostram dados preliminares divulgados pela B3. No mesmo período, os fundos de investimento e os investidores pessoa física aportaram, respectivamente, aportaram R$ 4 bilhões e R$ 1,2 bilhão.

Na contramão do que costuma acontecer todos os anos, maio foi bastante positivo para o Ibovespa, que encerrou o mês com alta expressiva de 8,5%.

Tradicionalmente, o costume dos investidores estrangeiros de vender seus papeis antes do verão faz com que o quinto mês costume fechar no negativo.

Neste ano, entretanto, o processo de reabertura das economias pelo mundo após o isolamento social imposto pelo coronavírus animou os investidores e mudou o jogo no mês passado.

O mesmo movimento foi observado em vários países emergentes. Isso aconteceu por causa da retomada da atividade econômica em países da Europa e regiões dos EUA e otimismo com possíveis vacinas para o tratamento da covid-19.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.