O mercado acionário brasileiro caminhava para uma nova abertura negativa nesta sexta-feira (28), com o futuro do Ibovespa em queda diante da continuidade das perdas nas bolsas no exterior em meio às preocupações com a disseminação global do novo coronavírus.

Por volta de 09:40, o contrato do Ibovespa para abril cedia 0,8%, a 102.170 pontos.

Na véspera, o Ibovespa à vista fechou em queda de 2,59%, a 102.983,54 pontos, renovando mínima desde outubro de 2019, em nova sessão marcada por forte volatilidade.

A equipe da Guide Investimentos destacou que o mercado local segue registrando correções na esteira do exterior, onde novos casos na Califórnia e declaração de estado de emergência no Japão intensificam pressão.

“Mercados se preparam para mais um dia de quedas fortes, com investidores buscando reduzir o risco para o fim de semana”, afirmou em nota a clientes.

O futuro do S&P 500 perdia 0,6%, enquanto o londrino FTSE 100 recuava 2,9%.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.