Em meio ao aumento das tensões políticas no Brasil e receio da volta de um conflito comercial entre EUA e China, a bolsa fechou em queda de 2,02%, a 78.876 pontos. Já o dólar voltou a subir com força, e encerrou as negociações em alta de 1,55%, a R$ 5,52.

No mercado interno, os investidores estiveram atentos a três focos de conflito.

Durante o fim de semana, ao prestigiar uma manifestação em Brasília que atacava o Congresso e o STF (Supremo Tribunal Federal), o presidente Jair Bolsonaro disse que não irá mais admitir o que chamou de interferência em seu governo e afirmou que as Forças Armadas estão ao lado do povo.

Bolsonaro fazia referência à decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, de suspender a nomeação de Alexandre Ramagem para o comando da PF. Nesta segunda, dia 4, o presidente nomeou o braço direito de Ramagem,  Rolando Alexandre de Souza, para exercer o cargo.

Além disso, neste sábado (dia 2), por 79 votos a 1, o Senado aprovou um auxílio financeiro de R$ 125 bilhões a estados e municípios para combate aos efeitos da pandemia de coronavírus. O valor é muio maior do que o considerado ideal pelo Ministério da Economia, e sem as contrapartidas consideradas necessárias pela pasta.

O mercado monitora ainda desdobramentos do depoimento prestado no sábado pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro, que acusou Bolsonaro de tê-lo pressionado indevidamente em relação à troca do comando da Polícia Federal. “Agora, toda sociedade brasileira aguarda um possível vazamento que revele o conteúdo das declarações feitas pelo ex-ministro”, disse a Guide Investimentos em nota.

EUA x China

O Ibovespa e o dólar também foram impactados pelo fato de que, durante o fim de semana, o presidente americano, Donald Trump, voltou a acusar a China de esconder informações sobre a pandemia de coronavírus, sinalizando que deve manter seus ataques ao gigante asiático.

O mandatário dos EUA já indicou que pode voltar a impor tarifas aos chineses como forma de punição pela pandemia.

(Com a Reuters)

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.