Mudar a vida financeira das pessoas de forma acessível e realista é o objetivo da youtuber e estudante Nathália Rodrigues, mais conhecida como Nath Finanças. A jovem ficou conhecida na internet por ensinar educação financeira para a população de baixa renda de maneira descontraída e sem metas inalcançáveis.

Ela conversou com o 6 Minutos e deu algumas dicas para quem deseja organizar o orçamento.

Anote todos os gastos

A dica parece até batida, mas não tem outro jeito. Apesar da prática ser muito recomendada por especialistas, quase metade (48%) dos brasileiros não controla o próprio orçamento, segundo pesquisa da CNDL/SPC Brasil. Mas esse é o primeiro passo para ter as contas mais equilibradas.

“Anote os gastos mesmo. Separe todas as despesas fixas e variáveis. Faça isso uma vez por semana ou todos os dias. O importante é saber qual o seu saldo para a semana que vem”, orienta Nath. Onde você vai anotar não faz diferença: pode ser em um caderno, no celular ou em uma planilha.

Guarde dinheiro todo mês

A quantidade não importa, reserve uma quantia que esteja de acordo com a sua realidade financeira. Esse dinheiro é para ser usado em casos de emergência, como a quebra de algum eletrodoméstico ou a compra de um remédio que não estava previsto. E a dica de ouro é: faça isso antes de pagar as contas do mês.

“Separe nem que seja R$ 5 todo mês como se fosse uma taxa para emergências, assim se algo acontecer você não vai ficar endividado com cartão de crédito”, diz.

Seja criativo e consciente

Para Nath, é necessário usar os recursos de forma inteligente. Fazer algumas trocas pode ajudar o dinheiro a render um pouco mais. Comprar em lojas de comércio popular em vez de shopping center; usar o transporte público e levar lanche de casa são algumas das sugestões.

Elimine os serviços bancários desnecessários

A youtuber sempre estimula os seguidores a zerar as tarifas bancárias. Se você paga manutenção da conta corrente, anuidade do cartão de crédito, taxas de saque e transferência bancária é alerta vermelho. Segundo levantamento do Guia Bolso, o brasileiro gastou mais de R$ 700 com esses serviços em 2019 – o que pode representa um desequilíbrio no orçamento de muita gente.

O Banco Central determina que todos os bancos são obrigados a oferecerem a cesta de serviços essenciais, nesse pacote os clientes têm direito a 4 saques gratuitos, extrato bancário online, 10 folhas de cheque e transferências entre contas da mesma instituição.

Faça as contas

“Vou pedir um Uber, custa só R$ 7”, essa frase é comum de ser ouvida. Mas você sabe quanto essas pequenas corridas pesam no seu orçamento? O valor pode até ser insignificante naquele momento, mas pode pesar no final do mês. Faça as contas.

E a dica não vale apenas para o transporte por aplicativo. Fique atento naquele doce ou café depois do almoço, no amendoim comprado na volta para casa, nos aplicativos de entrega de comida, etc.

Cuide da saúde mental

A criadora de conteúdo se mostra preocupada com a saúde de quem a acompanha. Segundo ela, fazer “bicos” exaustivos e ter metas de renda extra que geram uma rotina muito desgastante que podem até ser benéficas no curto prazo, mas são prejudiciais ao longo do tempo.

“Quando você está com problemas financeiros, a saúde é afetada. As pessoas ficam muito estressadas com a falta de dinheiro. Entender finanças e como funciona a saúde mental tem que andar sempre junto para você não pirar”, diz Nath.

A orientação da jovem é organizar as contas de forma consciente e ter momentos de lazer. É válido lembrar que é possível ter atendimento psicológico gratuito: além das unidades básicas de saúde, muitas faculdades atendem a população sem cobrar pelas consultas.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.