Os boletos não param de chegar e a grana está curta? Uma das dicas dos educadores financeiros para sair dessa situação é fechar a carteira e buscar uma renda extra. Para te ajudar com essa segunda opção, selecionamos aplicativos que te ajudam a economizar ou a ganhar um dinheirinho extra.

Dá para conseguir isso de diversas formas, seja fazendo compras para alguém, sendo o goleiro do time e até alugando seu carro. Veja abaixo algumas possibilidades:

1 – Seja goleiro

Já pensou em ganhar dinheiro enquanto bate uma bola? Com o aplicativo Goleiro de Aluguel você pode ser o goleiro do time e ganhar R$ 19,79 por hora. “É uma maneira de ‘monetizar’ a hora de folga”, conta Samuel Toaldo, que criou o aplicativo em 2017. “Adoro jogar bola. Mas ninguém, nos times em que eu participava, topava ser o goleiro. Então comecei a me oferecer como goleiro de aluguel no Facebook e não paravam mais de me chamar para jogar”, conta ele.

Hoje, o Goleiro de Aluguel já alugou mais de 95 mil goleiros em todo Brasil. Em média, são alugados 6.000 goleiros e goleiras mensalmente. “Conheço gente que joga todos os dias e que conseguem ganhar R$ 3.000 por mês. É um caso extremo. Mas já dá para ganhar quatro vezes mais que um entregador de restaurante, por exemplo. E brincando!”.

Crédito: Shutterstock

2 – Alugue seu carro

Se você tem um automóvel e não usa o veículo todos os dias, pode alugá-lo. É a isso que se dedica o aplicativo Moobie. Funciona igualzinho ao Airbnb. O preço depende do modelo e do ano do carro, mas varia, geralmente, de R$ 50 a R$ 200 por dia e é o proprietário que fixa o valor. O aplicativo fica com uma taxa de 20%. “Temos clientes que alugam o carro, por exemplo, 15 dias no mês e ganham até R$ 2.000”, conta Vitor Peruch, executivo do aplicativo.

A Moobie tem convênio com as seguradoras Liberty e SulAmérica e cobre qualquer dano que possa ocorrer ao veículo. Mas o proprietário precisa também ter um seguro próprio. “Isso para não precisar fazer vistoria”, explica Peruch.

Não usa muito seu carro? Alugue-o

3 – Faça compras

Assim como o Rappi e o UberEats, existem aplicativos de entrega de compras de supermercado. O Supermercado Now é uma dessas plataformas que conecta consumidores a supermercados. Os entregadores, chamados de shoppers recebem treinamento para escolher os melhores hortifrútis e para selecionar os produtos conforme as datas de validade e outras especificações. Segundo a plataforma, um shopper que se dedica de três a quatro dias da semana ao serviço pode ter um rendimento médio de R$ 1.400 por mês.

Seja um shopper e ganhe uma graninha extra
Crédito: Shutterstock

4 – Rache os custos da viagem

Se você tem costume de viajar de carro sozinho, pode dividir os custos do combustível e pedágio dando carona para alguém por meio do aplicativo Blablacar. Fundado na França em 2006, o BlaBlaCar chegou ao Brasil no final de 2015. De lá para cá, o Brasil já se tornou o terceiro maior mercado da empresa, atrás apenas de Rússia e França, com 5 milhões de cadastros (tanto motoristas, quanto passageiros).

Funciona assim: você cadastra seu carro, diz quando e para onde vai. Outras pessoas, interessadas em viajar, vão entrar em contato e pagarão cerca de R$ 20 cada uma, por 100 quilômetros, por exemplo. O preço é o motorista que estipula. “Dá para abater até 75% do custo de uma viagem”, explica Ricardo Leite, presidente da BlaBlaCar Brasil. Para o passageiro, é de 30% a 50% mais barato que uma passagem de ônibus e é mais rápido”, diz Leite.

A segurança fica por conta do aplicativo: tanto motorista quanto os caronas são avaliados em relação à limpeza, educação, pontualidade. “Muita gente que viaja constantemente a trabalho, por exemplo, consegue recuperar um dinheiro que iria para o ralo”, conta Leite.

Divida os custos da viagem e economize

5 – Venda suas fotos

O aplicativo americano Foap funciona como um “Mercado Livre” de fotos. O usuário faz o upload das fotos que quer vender e agências de propaganda e empresas são as compradoras. Se alguém se interessar por alguma das fotos à venda, o usuário recebe cerca de US$ 5.

Há também os desafios lançados pelo aplicativo ou por marcas parceiras, por exemplo: fotos de cães comendo a ração marca X. Nesse caso, quem ganha a competição pode levar até US$ 300. Fotos de pessoas precisam ter a autorização de quem aparece na imagem.

Venda suas fotos e ganhe dinheiro

6 – Indique imóveis

Se você sabe de algum imóvel para alugar, pode indica-lo para o site QuintoAndar. Para isso, basta se cadastrar na plataforma e preencher um formulário. A QuintoAndar vai entrar em contato com o dono da casa ou apartamento e, se ele aceitar que o aplicativo faça a corretagem, você ganha R$ 100. Caso o imóvel seja alugado, você recebe uma bonificação de 10% do valor negociado.

Indique imóveis para o Quinto Andar

7 – Limpe as prateleiras de casa

Faça uma limpeza na sua estante de livros e venda alguns. Existem sites e aplicativos específicos para isso, como o Estante Virtual. Pessoas que buscam obras esgotadas em livrarias tradicionais e edições seminovas, com preços muito mais acessíveis do que os títulos novos estão sempre visitando o site. Fica bem mais fácil fazer uma graninha, principalmente nesta época de volta às aulas.

O Estante Virtual compra livros de pessoas físicas
Crédito: Shutterstock

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.