O mercado tem cada vez mais produtos isentos de tarifas, em especial manutenção da conta corrente e anuidade do cartão de crédito. Mas isso não significa, ainda, que os brasileiros estão economizando efetivamente com essas despesas. Em 2019, os brasileiros gastaram, em média, R$ 715 só com esses dois produtos, segundo levantamento do Guiabolso, aplicativo de gerenciamento de finanças pessoais. Entretanto, os gastos não foram só esses.

A plataforma identificou que, em média, o gasto dos brasileiros com serviços financeiros em 2019 foi distribuído da seguinte forma:

  • Manutenção conta corrente: R$ 375,97 no ano, ou R$ 31 mensais.
  • Anuidade do cartão de crédito: R$ 339,34.
  • Taxa de transferência de valores (TED ou DOC): R$ 159,38.
  • Tarifa para saque: R$ 34,92.
  • Tarifa para extrato bancário: R$ 6,14.

Quanto isso dá no total? A soma geral das cinco variáveis incluídas na pesquisa revela um total de R$ 34 milhões gastos em tarifas bancárias pelo conjunto de mais de 150 mil pessoas que fizeram parte da pesquisa.

Todo esse gasto é inútil? Não é bem assim. Julio Duram, diretor de produto e tecnologia do Guiabolso, lembra que em alguns casos os clientes até pagam por serviços e em troca obtêm recompensas como cashback e milhas de viagem. É importante avaliar as opções. “O ideal é que a própria pessoa analise a situação levando em conta a frequência com que usa cada serviço e seus benefícios”, sugere Duram.

O diretor lembra que as pessoas ficam felizes quando saem notícias do saque do FGTS, que lhes proporcionará um dinheirinho extra, por exemplo, mas se esquecem de que é possível otimizar as despesas e “ganhar dinheiro fazendo algumas trocas”. O 6 Minutos traz neste link algumas sugestões para você ajustar suas despesas.

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.