O SPC Brasil liberou monitoramento gratuito do CPF durante 30 dias para auxiliar foliões que perderam os documentos ou foram furtados no Carnaval. Esse monitoramento pode ajudar a coibir ações fraudulentas.

É comum haver casos de golpes, perda de documentos, assaltos e furtos em bloquinhos. A aglomeração em espaços públicos e o aumento de consumo alcoólico durante a folia favorece a atividade de criminosos, que tentam tirar vantagem de quem está distraído em meio à multidão.

O que pode acontecer se eu perder o documento? Ter compras indevidas feitas em seu nome, perder tempo tentando regularizar a situação na polícia, bancos ou lojas, ficar com o nome sujo e impedido de fazer compras, Essas são algumas das dores de cabeça mais comuns para quem perde documentos, como o CPF.

“Ninguém está totalmente livre de passar por situações de golpe, ainda mais durante eventos de massa como o Carnaval. Ainda assim, é possível diminuir as chances de algo sair errado. As dicas mais básicas são andar apenas com cópias autenticadas dos documentos pessoais, evitar bolsas e mochilas e deixar o cartão de crédito ou débito sempre bem guardado, longe da vista de terceiros”, orienta Michel Felix, gerente de produtos do SPC Brasil.

Como o monitoramento é feito? Os consumidores que foram vítimas de roubos ou que tiveram documentos pessoais extraviados poderão contratar o SPC Avisa e acompanhar toda movimentação em seu CPF. O serviço também está disponível para quem não foi vítima, mas deseja experimentar a funcionalidade.

Como funciona? Ao acionar o SPC Avisa, o consumidor é avisado por e-mail sobre qualquer movimentação suspeita em seu documento, como consulta para a realização de compras a prazo, verificação de nome restrito, inclusão de registros de inadimplência, alteração de dados cadastrais, entre outros.

Como contratar o serviço? Basta acessar a página http://bit.ly/2SEs9PN, cadastrar o documento e inserir o cupom SPCAVISA30D para validar a gratuidade do serviço por 30 dias.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.