Que os fundos de investimento de renda fixa conservadores estão rendendo muito pouco e perdendo até da inflação, muita gente já se deu conta. Você já deve ter ouvido especialistas em finanças pessoais aconselharem: diversifique o seu portfólio, comece a tomar mais risco aos poucos.

Investir uma parte dos seus recursos em fundos de ações pode ser um caminho para recuperar (ou até superar) sua rentabilidade, mas a dúvida é como escolher entre as milhares de aplicações no mercado. Olhar apenas o retorno em 2019 não é o melhor caminho, já que o ano passado foi excepcionalmente bom para a Bolsa.

Sem falar que muitos fundos que entregam ótimas rentabilidades não são abertos a um investidor que quer arriscar menos, investindo no máximo R$ 1.000.

A gestora de investimentos digitais Monetus lançou uma ferramenta para ajudar nessa tarefa, levando em conta pontos que um gestor profissional avaliaria.

É um comparador de fundos que, ao confrontar diferentes aplicações, olha não somente o retorno, mas também a consistência da rentabilidade ao longo de diferentes períodos de tempo (1 ano, 3 anos e 5 anos), a volatilidade, a taxa de administração e o tamanho do patrimônio, entre outros pontos.

O 6 Minutos fez uma simulação nesse comparador para buscar os fundos de renda variável melhor avaliados por essa ferramenta com aplicação inicial de no máximo R$ 1.000, abertos a novos investimentos e de risco médio, alto ou muito alto.

A última data de comparação da rentabilidade é sempre 12 de fevereiro deste ano. Quando a avaliação é o retorno em 5 anos, mas o fundo foi criado há menos tempo, a rentabilidade indicada é a observada desde a criação.

Veja abaixo os fundos que tiveram a melhor performance por esse critério (se não encontrar o que procura, faça você mesmo a sua busca aqui).

Lembrando que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura, e que é importante sempre olhar o regulamento e a lâmina de informações essenciais de cada fundo, que traz todas as informações importantes sobre aquela aplicação.

“É importante pesquisar o histórico do gestor e avaliar a rentabilidade em longos períodos, além da volatilidade e os objetivos do fundo”, afirma Vinicius Soares, diretor de produto da Monetus.

 

Tarpon Gt FIC Ações 

O que é: fundo de renda variável gerido pela Tarpon Investimentos

Risco: Muito alto

Aplicação mínima: R$ 1.000

Retorno em 12 meses: 40,51% (Ibovespa: 21,32%)

Retorno em 3 anos: 148,07% (Ibovespa: 74,23%)

Retorno desde a criação (agosto de 2015): 287,41% (Ibovespa: 133,08%)

Taxa de administração: 2%

Taxa de performance: 20%

Patrimônio líquido: R$ 177.485.521,47 (12.186 investidores)

Resgate: 33 dias (após a aplicação inicial)

 

Leblon Ações FIC FIA

O que é: fundo de renda variável gerido pela Leblon Equities

Risco: Alto

Aplicação mínima: R$ 1.000

Retorno em 12 meses: 32,47% (Ibovespa: 21,32%)

Retorno em 3 anos: 123% (Ibovespa: 74,23%)

Retorno em 5 anos: 255,77% (Ibovespa: 130,42%)

Taxa de administração: 2%

Taxa de performance: 15%

Patrimônio líquido: R$ 611.941.279,36 (11.016 investidores)

 

Apex Ações 30 FIC Ações

O que é: fundo de renda variável da Apex Capital.

Risco: Alto

Aplicação mínima: R$ 1.000

Retorno em 12 meses: 27,95% (Ibovespa: 21,32%)

Retorno em 3 anos:  96,56% (Ibovespa: 74,23%)

Retorno em 5 anos: 161,36% (Ibovespa: 130,42%)

Taxa de administração: 1,90%

Taxa de performance: 20%

Patrimônio líquido: R$ 925.453.567,48 (6.233 investidores)

 

Alaska Black II FIC Ações BDR Nível I

O que é: fundo de renda variável da Alaska Asset Management

Risco: Muito alto

Aplicação mínima: R$ 1.000

Retorno em 12 meses: 21,47% (Ibovespa: 21,32%)

Retorno em 3 anos: 140,92% (Ibovespa: 74,23%)

Retorno desde a criação (janeiro de 2017: 198,51% (Ibovespa: 88,75%)

Taxa de administração: 1,85%

Taxa de performance: 20%

Patrimônio líquido: 853.573.623,25 (47.996 investidores)

 

Monetus FIA

O que é: fundo de renda variável da Monetus Investimentos

Risco: Alto

Aplicação mínima: Não há

Retorno em 12 meses: 47,55% (Ibovespa: 21,32%)

Retorno em 3 anos: 134,20% (Ibovespa: 74,23%%)

Retorno em 5 anos: 179,07% (Ibovespa: 130,42%)

Taxa de administração: 0,6%

Taxa de performance: Não há

Patrimônio líquido: R$ 68.929.139,96  (10.967 investidores).

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.com.br/whatsapp.