Mais duas novas empresas do setor imobiliário registraram pedido de IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) nesta quinta-feira (20): One Desenvolvimento Imobiliário e Pacaembu Construtora. Elas se somam à incorporadora Mitre, já negociada na B3, e a outras cinco companhias do segmento residencial que já confirmam querer estrear na bolsa de valores.

Setor imobiliário - IPO - 6 Minutos

Trabalhadores atuam no setor imobiliário e construção civil, aquecidos no Brasil
Crédito: Shutterstock

 

Veja os planos da One e da Pacaembu:

One Desenvolvimento: a empresa tem lançamentos imobiliários em pontos centrais de São Paulo, como a avenida Paulista e o bairro de Pinheiros. Segundo registro junto à CVM (Comissão de Valores Mobiliários), o IPO consistirá em uma emissão primária e secundária de ações ordinárias, sendo os recursos destinados ao pré-pagamento de empréstimos entre empresas do mesmo grupo e expansão orgânica.

Em 2019, a empresa reportou lucro líquido de R$ 59 milhões, revertendo prejuízo de R$ 10,4 milhões informado no ano anterior. No período, o Ebitda, indicador de desemprenho operacional, saltou de R$ 2,087 milhões para R$ 74,094 milhões, enquanto a receita líquida subiu de R$ 126,3 milhões para R$ 354,4 milhões.

Os bancos coordenadores da oferta são o BTG Pactual, Bradesco BBI, Santander e Caixa Econômica Federal.

Pacaembu Construtora: A companhia tem empreendimentos destinados à moradia popular no interior do Estado de São Paulo. Os recursos da oferta primária reforçarão o capital de giro, desenvolvimento de landbank (compra de áreas para incorporação) e a continuidade da implementação de seu plano estratégico.

Em 2019, a empresa reportou lucro de R$ 111,5 milhões, crescimento de 1% frente ao ano anterior. Mas o Ebitda, lucro antes de juros, amortizações e impostos, caiu 8,3% no período, para R$ 123,4 milhões.

Os bancos coordenadores da oferta são o Credit Suisse, XP Investimentos e Caixa Econômica Federal.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.