Líder do mercado doméstico de meios de pagamento, mas pressionada pelo avanço da concorrência, a Cielo continua a promover mudanças no seu alto escalão. A empresa anunciou nesta segunda-feira (dia 27) a eleição de Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo como novo membro do conselho de administração.

Quem é o novo conselheiro? O economista Carlos Hamilton é o atual vice-presidente de Gestão Financeira e Relação com Investidores do Banco do Brasil. Ele trabalhou de 2000 a 2015 no Banco Central, ocupando o cargo de diretor entre 2010 e 2015, primeiro de Assuntos Internacionais e, depois, de Política Econômica.

Quem o indicou para o conselho? Ele indicado pelo acionista BB Elo Cartões, do Banco do Brasil. A eleição de Araújo ocorreu após o conselho aceitar renúncia de Artur Padula Omuro.

Que outras mudanças a Cielo promoveu no alto escalão? O conselho da Cielo elegeu Paulo Adriano Rômulo Naliato como diretor sem designação específica (vice-presidente de desenvolvimento organizacional). Anteriormente, em outubro de 2018, a Cielo trocou o CEO, assumindo Paulo Caffarelli.

Qual a situação da Cielo? A empresa, que é controlada pelo Bradesco (30% das ações ordinárias) e pelo Banco do Brasil (28,6%), ainda sofre com os efeitos da chamada guerra das maquininhas, contra players mais novos como PagSeguro e Stone, com perda de valor de mercado, de participação de mercado, de margens e de lucro.

As suas ações no Ibovespa caíram 17% neste ano e mais de 30% em 52 semanas.

A empresa divulgará seus resultados do quarto trimestre nesta segunda, depois do fechamento do mercado, e a estimativa de analistas é que haverá nova queda no lucro, segundo a Bloomberg.

(Com a Reuters)

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.