Um dos maiores e mais tradicionais bancos de Wall Street, o Morgan Stanley, anunciou que comprará a corretora de baixo custo E*Trade Financial por cerca de US$ 13 bilhões. O negócio, anunciado na quinta-feira (dia 20), é o maior envolvendo um dos grandes bancos de investimento americano desde a crise financeira de 2008.

Por que isso importa? No mundo, e isso inclui os Estados Unidos e o Brasil, grandes bancos buscam se concentrar em negócios mais rentáveis e se tornar mais eficientes diante do aumento da competição com novas instituições, como bancos digitais e fintechs. Uma das reações esperadas é a aquisição desses novos concorrentes. No ano passado, a maior rival da E*Trade, a Charles Schwab, comprou a TD Ameritrade por US$ 26 bilhões.

No Brasil, o Itaú Unibanco, maior banco privado do país, acertou a compra de 49,9% do capital da XP Inc., a holding dona da XP Investimentos, há quase três anos, em maio de 2017.

O setor bancário tradicional está em transformação e esse negócio do Morgan Stanley faz parte da mudança.

O que faz exatamente a E*Trade? A corretora é conhecida pelas baixas taxas de corretagem. Ela se tornou popular quase duas décadas atrás com comerciais que criticavam assessores financeiros por cobrarem altas comissões, mas vinha sendo pressionada diante do acirramento da concorrência no mercado de corretoras online.

O crescimento de receitas da corretora, assim como o de rivais, foi impactado nos últimos anos com o surgimento de startups digitais que utilizam robôs para recomendações de investimento. Os negócios também são afetados pelo ambiente de queda nas comissões e juros em baixa, que dispararam uma consolidação no setor.

Como o negócio se insere na estratégia do Morgan Stanley? A compra da E*Trade vai dar fôlego à unidade de gestão de fortunas do banco, um negócio que o presidente-executivo, James Gorman, tem tentado montar para se proteger de períodos fracos de corretagem e de atividade na área de banco de investimento.

O Goldman Sachs, um dos principais concorrentes, também busca abrir um caminho alternativo, criando um banco de varejo, enquanto outros, incluindo Bank of America e UBS, estão focando em crédito e gestão de fortunas.

(Com a Reuters)

 

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.