Que tal investir em uma startup de hotéis fabricados com impressoras 3D? Soou inovador demais, quase irrealista? Pois essa é a nova aposta de Travis Kalanick, que se notabilizou como o fundador da Uber.

Qual é essa empresa? A Habitas diz que pretende ser o Club Med voltado para os millenials, em uma alusão sarcástica à rede francesa conhecida pelo luxo. Com quartos que custam entre US$ 200 e US$ 400, a startup diz que busca clientes que valorizam ambientes de comunidade e a preocupação com a sustentabilidade ambiental em vez de saguões luxuosos. E tem um modelo de negócios em que ergue os hotéis com impressoras 3D em um período mais curto de obras, de seis a nove meses.

A primeira unidade, em fase de testes, foi erguida no destino turístico de Tulum, na Riviera Maia, no México. Cidades da Ásia, do Oriente Médio e da África estão no plano de expansão da Habitas.

Quem já investe na Habitas? Além de Kalanick, a lista de investidores inclui empreendedores como Justin Mateen, fundador do aplicativo de relacionamento Tinder, e Tim Steiner, fundador e CEO da rede de supermercados online Ocado.

O que faz Kalanick hoje? Ele ainda trabalha na Uber? Não mais. O empreendedor deixou o conselho de administração da empresa de aplicativos de transporte no fim do ano passado e acabou de se desfazer de sua participação acionária, colocando fim a um envolvimento de uma década na startup que fundou em 2009.

Kalanick foi obrigado a pedir demissão do cargo de CEO e a sair do dia a dia das operações em 2017 depois de uma série de escândalos, que incluiu da revelação de casos de assédio sexual na empresa, com vista grossa pelo alto escalão, a um episódio em que ele discutiu com um motorista que reclamava da queda dos rendimentos.

Kalanick criou um fundo de investimentos em startups, o 10100, e investe em uma startup de “dark kitchens“, como são conhecidas as cozinhas dedicadas exclusivamente para pedidos de entrega a domicílio.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail [email protected]. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp.