A General Motors continua acelerar seus planos para se transformar de uma montadora de carros tradicionais, com motores a combustão, em uma que seja conhecida por seus modelos elétricos e autônomos.

A montadora americana investirá US$ 2,2 bilhões em sua fábrica em Detroit-Hamtramck para construir picapes e utilitários esportivos elétricos, informou em comunicado nesta segunda-feira (dia 27).

Na última semana, a GM apresentou o Cruise Origin, o seu primeiro modelo projetado e construído do zero para funcionar exclusivamente como veículo autônomo. Com um formato que lembra uma caixa, ele é totalmente elétrico e não conta com nenhum acessório que permita a um eventual motorista assumir o controle, como volante e pedais.

Quando a unidade entrará em operação? A empresa disse que a picape elétrica terá produção iniciada no final do próximo ano e será seguida pelo veículo autônomo Cruise Origin.

Qual o contexto do investimento? O projeto se insere nos planos da GM de executar um investimento total de US$ 7,7 bilhões em suas fábricas nos Estados Unidos nos próximos quatro anos.

A Ford também deve começar a produzir picapes elétricas no final de 2021 na área de Detroit. Ford e GM esperam que a produção anual de picapes elétricas atinja cerca de 40 mil unidades até 2024, disseram analistas.

(Com a Reuters)

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.