A empresa de telecomunicações Oi reportou nesta segunda-feira (2) prejuízo líquido de R$ 5,7 bilhões no terceiro trimestre, um salto em relação à perda apurada um ano antes, de R$ 1,3 bilhão, conforme dados consolidados.

A companhia adiou a divulgação de seu resultado de terceiro trimestre, prevista inicialmente para o mês passado, citando trabalho adicional gerado pela necessidade de realizar auditoria completa sobre os números e cumprir um acordo prévio acertado com o órgão fiscalizador dos mercados do Estados Unidos (SEC).

A receita líquida de clientes no Brasil totalizou R$ 4,8 bilhões, queda de 7,8% na comparação ano a ano, com o Ebitda de rotina somando R$ 1 bilhão, declínio de 30,7% na mesma base de comparação.

A operadora de telefonia encerrou o terceiro trimestre com dívida líquida de R$ 14,7 bilhões e caixa disponível de R$ 3,18 bilhões, ante R$ 15,57 bilhões e R$ 4,3 bilhões no final de junho.

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.