A empresa de meios de pagamentos Stone anunciou nesta quinta-feira (dia 21), depois do fechamento do mercado americano, que obteve um lucro líquido de R$ 191,3 milhões no terceiro trimestre. O resultado representa uma expansão de 111,6% sobre o mesmo período do ano passado.

A companhia, rival de empresas como Cielo, Rede, PagSeguro e Mercado Pago na guerra das maquininhas, apurou receita total de R$ 671,1 milhões, com uma expansão de 62,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Quais os demais números? A base de clientes ativos subiu 82,8% na comparação anual, para 428,9 mil, com adição líquida de 68,7 mil entre julho e o fim de setembro.

A Stone apurou margem líquida de 28,5%, um aumento de 6,7 pontos percentuais.

Já o volume total de pagamentos transacionados na plataforma da companhia somou R$ 32,6 bilhões, o que representou um crescimento anual de 49,8%.

O que teve de novidade no resultado? A Stone deu informações sobre novos produtos, como a conta digital voltada para pequenas empresas, lançada há um mês, e a concessão de crédito.

A Stone encerrou o mês de outubro com 29 mil contas abertas do seu produto voltado para pequenas empresas.

A carteira de crédito chegou a R$ 185 milhões, para um total aproximado de 13.400 clientes.

(Com a Reuters)

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.