O setor de educação continua a se mostrar um dos mais aquecidos na economia. A Yduqs (novo nome da antiga Estácio) anunciou na manhã desta segunda-feira (21) a aquisição das operações no Brasil do grupo americano Adtalem por R$ 1,92 bilhão. As ações da empresa fecharam em alta de 4,36% nesta segunda.

O que exatamente a Yduqs está comprando? São dez instituições de ensino superior reunidas sob a bandeira Wyden, a escola de negócios Ibmec, a rede Damásio Educacional, do setor jurídico, e a SJT MED, que oferece cursos preparatórios na área de medicina e saúde. A Adtalem tem hoje 102 mil alunos espalhados em 20 campi e mais de 180 polos de ensino a distância.

Quais as razões para o negócio? A Yduqs afirmou que se trata de uma aquisição capaz de transformar a empresa, sobretudo pelas oportunidades de expansão que surgem com a integração: o negócio vai dar origem a um grupo educacional com 680 mil alunos e marcas fortes tanto em nível nacional quanto regional.

Qual o contexto? Em julho, a Yduqs anunciou ao mercado uma nova visão para seu negócio: uma estratégia de crescimento mais flexível, que contempla a entrada em novos negócios e a possibilidade de manter marcas com posicionamentos de mercado distintos. A compra da Unitoledo, em setembro, foi o primeiro passo dessa nova estratégia: a marca será uma plataforma de expansão da Yduqs no interior de São Paulo.

A aquisição da Adtalem Brasil acelera a concretização dessa visão estratégica. Todas as marcas adquiridas serão mantidas e receberão investimentos. Com mais de 13 mil alunos, pioneiro no mercado de MBAs e com qualidade de ensino, o Ibmec será conduzido à parte em uma nova unidade de negócios da Yduqs.

De acordo com a Yduqs, a aquisição só foi possível graças ao aumento de eficiência dos últimos anos. Entre 2014 e 2016, a margem EBITDA da companhia foi de 20,4%. Em 2018, a margem foi de 32%.

Há pouco mais de três anos, a então Estácio foi vendida para a maior empresa de educação do país, a Kroton (que se transformou na holding Cogna Educação), mas o negócio acabou vetado pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

(Com o Investing.com)

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.