Startups brasileiras lideradas por mulheres têm até o dia 7 de fevereiro para se inscrever no Women Entrepreneurship (WE), iniciativa para ampliar o empreendedorismo feminino no país por meio do acesso à educação e ao capital. A empresa pode estar em qualquer fase de desenvolvimento, desde que ela seja uma companhia que tenha base tecnológica.

Quanto será investido? As empresas selecionadas vão receber aportes que variam de R$ 50 mil a R$ 5 milhões nos próximos cinco anos.

Quem pode se inscrever? Startups com sede no Brasil, de iniciativias tecnológicas e digitais. É preciso que, no mínimo, 20% de participação societária seja composta por mulheres.

Como se inscrever? É preciso acessar o site www.weventures.com.br e ser aprovada em todas as etapas de recrutamento e seleção, que incluem inscrição, conversa por vídeoconferência e reuniões com investidores.

Quem está por trás da iniciativa? O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a Microsoft Participações, Bertha Capital e a Belvedere Investimentos.

As empresas também serão responsáveis pelo The We.Studio, que fará aportes entre R$ 50 mil e R$ 500 mil para empresas de mulheres, além de oferecer capacitação de pessoas, negócios e de tecnologias e mentoria técnica.

“O Women Entrepreneurship busca criar as bases de uma cultura de inovação e empreendedorismo no país, além de proporcionar mudanças no padrão de baixa participação feminina nas startups brasileiras”, afirma Renata Malheiros, coordenadora nacional de Projetos de Empreendedorismo Feminino do Sebrae.

(Com Agência Brasil)

Quer receber nossos boletins e notícias pelo Whatsapp? É só clicar no link abaixo com o seu celular e você já estará no nosso grupo.